Candidatos do Mais Médicos têm até sexta-feira para confirmar participação

Os médicos brasileiros que ocuparam as 330 vagas na segunda chamada do programa Mais Médicos têm até sexta-feira (11) para se apresentar às prefeituras, a fim de que os gestores confirmem sua participação no programa.

Os participantes que validarem a inscrição, mas não se apresentarem dentro do prazo ficarão impedidos de se inscrever no Mais Médicos por seis meses. A previsão é que os médicos comecem a trabalhar a partir do dia 14 de março.

Ao todo, 8.965 profissionais brasileiros participaram na segunda chamada para concorrer a vagas em 260 municípios. Cada profissional pôde selecionar quatro cidades em ordem de preferência e disputava somente com aqueles que optaram pelas mesmas cidades.

Mais-Médicos

Segundo o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Hêider Pinto, a segunda chamada foi necessária para que todos os municípios fossem atendidos. “A segunda chamada é necessária, pois os médicos acabam concentrando suas escolhas, inicialmente, em determinados municípios considerados mais atrativos, mas nós temos que garantir atenção à saúde de toda a população”, disse.

Caso os profissionais não se apresentem nas prefeituras, será cumprida a ordem de chamamento prevista na Lei. O edital será aberto aos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, aos profissionais estrangeiros. Por fim, havendo ainda vagas em aberto, serão chamados médicos da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde.

O ministério disponibiliza editais trimestrais para preenchimento das vagas de desistentes. No atual edital foram abertas 1.173 vagas em 649 municípios. Os médicos selecionados na primeira chamada começaram a trabalhar nas cidades designadas em dia 1º de março.

Agência Brasil

Comentários

comentários