Campo Grande terá 2 novas escolas de tempo integral

A secretaria estadual de Educação, Maria Cecília Amedola da Motta, anunciou na tarde de hoje (05) durante entrega dos kits escolares que, a partir deste ano, será implantado o sistema de integral em duas escolas de Campo Grande: Ao todo, serão ofertadas 635 vagas para atender estudantes do ensino fundamental ao médio. Na Moreninha I e no Tarumã.

Escola Estadual no Jardim Tarumã terá 315 vagas no ensino em tempo integral. (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)
Escola Estadual no Jardim Tarumã terá 315 vagas no ensino em tempo integral. (Foto: Chico Ribeiro/Divulgação)

Serão ofertadas 320 vagas para estudantes do 1º e 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Waldemir Barros da Silva.

Outras 315 vagas são para atender alunos do 8º e 9º ano do ensino fundamental, além dos estudantes do ensino médio da Escola Estadual Manoel Bonifácio Nunes da Cunha.

O horário de funcionamento das escolas será das 7h às 16h30 e, nesse período, serão ofertadas três refeições.

De acordo com a secretária, hoje o Governo trabalha com algumas escolas integrais por meio do programa do Governo Federal “Mais Educação”, porém, ao contrário desse formato as novas escolas trabalharão não com atividades extra curriculares, mas com aprofundamento das disciplinas.”O experimento parte da perspectiva de que os alunos pesquisem mais. Sejam mais autores”, explica.

A coordenadora do grupo de estudos da Sed e responsável pela ampliação do ensino integral completou que os alunos não vão usar apenas o livro didático, mas a plataforma web para que se tornem mais produtivos.

Comentários

comentários