Campo Grande tem inflação de 0,43% em março, diz IPCA do IBGE

Campo Grande registrou uma inflação de 0,43% no mês de março, segundo oIPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgado nesta sexta-feira (8), pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No ano a variação acumulada do indicador é de 2,37% e nos últimos 12 meses chega a 8,33%.

9infla

Segundo o IBGE, o índice da cidade sul-mato-grossense foi o mesmo da média do país e o 8º maior entre as 13 capitais pesquisadas. Ficou atrás de: Fortaleza (CE), com 0,72%; Porto Alegre (RS), com 0,67%; São Paulo (SP), com 0,57%; Curitiba (PR), com 0,57%; Goiânia (GO), com 0,56%; Belém (PA), com 0,53% e Belo Horizonte (MG), com 0,49%.

O IBGE destaca que em Campo Grande dos nove grupo de produtos pesquisados, em dois ocorreram redução de preços. O maior percentual, 2,54%; foi no grupo de “Comunicação”, onde estão incluídos, por exemplo, gastos com correio, telefone fixo, celular, acesso a internet e pacote de TV por assinatura com internet, entre outros.

O outro grupo de itens que teve retração de preços, conforme o instituto, foi o de “Habitação”, onde  estão serviços e produtos, como pagamento de aluguel, de tarifas de água e esgoto e energia elétrica, entre outros. Nesse segmento a redução nos valores foi de 0,57%.

Neste grupo, o IBGE deu destaque a redução nos gastos com a energia elétrica em todo o país de 3,41%, que ocorreu em razão da mudança da bandeira tarifária de vermelha para amarela e a diminuição das alíquota do PIS/Cofins.

Em contrapartida, os grupos de produtos que contabilizaram os maiores aumentos em março na capital de Mato Grosso do Sul foram: “Vestuário”, com 0,92%; “Transportes”, com 0,91% e “Alimentação e Bebidas”, com 0,86%.

Comentários

comentários