Campanha Novembro Azul é um alerta para prevenção do câncer de próstata

Por ano, são feitos no Brasil cerca de 69 mil diagnósticos de câncer de próstata. Para conscientizar homens sobre a importância da prevenção e diagnóstico desse tipo de câncer, entidades médicas em todo o mundo iniciam neste mês a campanha chamada Novembro Azul.

Campanha Novembro Azul Foto: Divulgação
Campanha Novembro Azul Foto: Divulgação

O movimento surgiu na Austrália, em 2003, durante o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, em 17 de novembro. No Brasil, a campanha foi lançada oficialmente neste domingo, 1.º de novembro, durante o 35.º Congresso Brasileiro de Urologia, no Rio de Janeiro (RJ).

O diagnóstico precoce é um fator essencial para cura, e lembra que os homens devem procurar o urologista a partir dos 45 anos e realizar os exames anualmente.

Sobre a próstata

É uma glândula que só o homem possui, localizada na parte baixa do abdômen. Ela é um órgão muito pequeno, tem a forma de maçã e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. A próstata envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. A próstata produz parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual.

O que é o cancer de próstata?

É uma doença na qual ocorre um crescimento exacerbado e desordenado de algumas células. No caso do câncer de próstata, essas células são originariamente da próstata, e podem invadir os tecidos e órgãos e espalhar-se para outras partes do corpo, o que denominamos metástases.

Quais os sintomas?

Em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata (dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou a noite). Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

É baseada em uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal. Nesse sentido, outros hábitos saudáveis também são recomendados, como fazer, no mínimo, 30 minutos diários de atividade física, manter o peso adequado à altura, diminuir o consumo de álcool e não fumar.

Outro fator de risco importante, refere-se a idade, uma vez que tanto a incidência como a mortalidade aumentam significativamente após os 45 anos.

Além do fator genético, pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos pode aumentar o risco de se ter a doença de 3 a 10 vezes comparado à população em geral.

Exames

A SBU (Sociedade Brasileira de Urologia) recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam um exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA (Antígeno Prostático Específico, na sigla em inglês). Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom, por exemplo.

Comentários

comentários