Caminhoneiro é baleado após cair no golpe do falso frete em Campo Grande

Jackson Nogueira

O caminhoneiro Elemar Rogério Argento Mocinho de 47 anos foi baleado na terça-feira (20), ao cair no golpe do falso frete, em Campo Grande. O caminhoneiro foi baleado por um suposto cliente na saída para Terenos. A vítima foi socorrida e internada na Santa Casa.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 17h , o motorista e um amigo se encontraram com dois clientes, perto do Aeroporto Internacional de Campo Grande.

Ao chegar na região do Indubrasil, um homem sacou uma pistola e anunciou o assalto. O motorista reagiu e foi baleado. Os ladrões saltaram do veículo e fugiram pelo meio do mato.

De acordo com Valdemar Marreli, 62 anos, que estava com a vítima no momento do assalto, o caminhoneiro havia sido contratado, por telefone, para fazer um frete de Terenos para Campo Grande. O falso contratante teria pedido que o caminhoneiro o buscasse em frente ao Aeroporto da Capital, para que juntos seguissem até o local em Terenos, onde buscariam um carregamento de telhas.

Elemar foi socorrido e levado ao hospital. O estado de saúde dele não foi divulgado. O veículo da vítima foi entregue ao filho do caminhoneiro, Roger Lucas Argento,que foi ao local e disse que o pai estava numa chácara, em São Gabriel do Oeste, com a família, e veio para Campo Grande somente por conta deste frete.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Centro de Campo Grande.

Comentários

comentários