Caminhão fura sinal, joga Celta em muro e arquiteta fica presa no carro

A arquiteta Carolina Midore Sato, 31 anos, sofreu um grave acidente por volta das 17h desta segunda-feira (18). Ela foi socorrida pelo corpo de Bombeiros com escoriações pelo corpo e um edema na cabeça, seu estado de saúde é considerado bom.

Celta ficou prensado em poste na Neli Martins Foto Paulo Francis
Celta ficou prensado em poste na Neli Martins Foto Paulo Francis

Carolina conduzia um veículo GM Celta, placas NRQ-9086, na Rua Giocondo ao cruzar a Avenida Neli Martins foi colida pelo caminhão Mercedes placas HRO-1572, que teria avançado o sinal vermelho. O motorista nega.

O caminhão fazia o transporte de materiais de construção. Com o impacto o carro foi arrastado até o muro que da nos fundos do Clube Estoril.

À Polícia de Trânsito, o motorista do caminhão, Marco Antonio Pires da Silva, 41, relatou que o Celta atravessou no sinal vermelho e que tentou frear, mas não teve tempo hábil.

O Tenente Jorcinei de Souza, do Corpo de Bombeiros, contou a equipe de reportagem do Página Brazil que ao chegar no local a vítima estava presa às ferragens e recebendo os primeiros socorros de uma médica que passava no momento do acidente, mas apesar da cena de destruição, frisou que a principio não se trata de nada mais grave.

“Podemos dizer que ela teve muita sorte, porque um caminhão carregado bater em um carro de passei assim e ela sair praticamente ilesa é muito raro. Ainda não sabemos exatamente o que aconteceu, mas foi uma pancada muito forte e ela nasceu de novo”, conta.

A policia de trânsito esteve no local fazendo toda a verificação dos documentos dos envolvidos, para que seja tomada as medidas necessárias.

Foi levantado que a documentação de ambos veículos esta em dia, porém foi identificado que o disco do diagrama do tacógrafo esta vencido a mais de 3 meses, e dos 8 pneus traseiros, 7 estão sem condições de trafegarem. A vítima foi transportada para a Santa Casa de Campo Grande.

Paulo Francis

Comentários

comentários