Câmeras mostram que jovem encontrado morto em canteiro foi atropelado

Investigadores do 2º Distrito Policial de Dourados descobriram que Jeferson de Oliveira Bueno, 25, o “Peruca”, encontrado morto na madrugada do dia 23 de maio na avenida Marcelino Pires, região da Cabeceira Alegre, foi atropelado.

Homem foi encontrado no canteiro central da avenida Marcelino Pires - Foto: Osvaldo Duarte
Homem foi encontrado no canteiro central da avenida Marcelino Pires – Foto: Osvaldo Duarte

A informação foi confirmada na manhã desta quarta-feira (3) pelo delegado responsável do caso, José Carlos Almussa Júnior.

Segundo ele, câmeras do circuito interno de segurança de estabelecimentos comerciais instalados próximo ao local mostraram o momento em que a vítima foi arremessada ao ser atingida por uma caminhonete.

Ainda conforme o delegado, Jeferson seguia pela avenida em direção ao Centro, quando foi colhido. Com o impacto, ele acabou arremessado para o canteiro central da via e morreu no local.

No dia do caso, a polícia trabalhava com a hipótese de assassinato, já que não havia sinais de frenagem na região onde ocorreu o acidente. Ele já cumpriu pena pelos crimes de roubo e estupro.

Qualquer informação que possa levar a polícia a identificação do responsável pelo atropelamento pode ser feita pelos telefones (67) 3424-6911, 3411-8080 ou 190.

CASO SEMELHANTE

O local onde “Peruca” foi encontrado morto é o mesmo que há um ano resultou em tragédia em Dourados. No dia 31 de maio, Davi Rosa da Silva, 19, acabou atropelado quando seguia de bicicleta ao trabalho.

No dia do acidente, a vítima transitava pela avenida Marcelino Pires e foi atingido entre as ruas Coronel Ponciano e Maria da Glória pela Ford F-1000, conduzida por Aluísio Both Neto, 19. Segundo a polícia, o rapaz participava de um racha na via, negado por ele. Aluísio foi indiciado por homicídio doloso qualificado [quando há intenção de matar].

O caso ganhou grande repercussão na época e populares fizeram até homenagem a Davi, instalando no canteiro central da avenida, uma “Bicicleta Fantasma”.

Com Informações Dourados News

Comentários

comentários