Câmara usa artifício legal para livrar vereador que ofendeu mãe de prefeito

Após receber duras críticas dos colegas parlamentares, o vereador Roberto Durães (PSC) aproveitou os primeiros minutos da sessão ordinária da Câmara Municipal desta quinta-feira (5) para se retratar e pediu desculpas ao prefeito Alcides Bernal (PP), diante dos ataques que fez citando ‘momentos íntimos’ com a mãe do Chefe do Executivo.

Durães pode se livrar de ter mandato cassado - Foto: Lúcio Borges
Durães pode se livrar de ter mandato cassado – Foto: Lúcio Borges

O posicionamento gerou inúmeros protestos em redes sociais e mobilizou cerca de 250 servidores comissionados a invadir o plenário cobrando punição ao vereador por quebra de decoro, sob alegação de crime de injúria.

Ao chegar na sessão, o vereador foi vaiado por manifestantes do Sisem (Sindicato dos servidores e funcionários municipais de Campo Grande) e afirmou que seu objetivo era se desculpar. Durães afirmou que sua briga é com Bernal e não com sua mãe.

“Minha briga não é com a mãe do prefeito, minha briga é política. Eu fiz uma declaração infeliz e não deveria atingir a mãe do prefeito. Eu não quis ofender a senhora, a senhora tem o meu respeito”, disse o vereador.

Por ter se reratado publicamente , o vereador não corre mais risco de ter seu mandato cassado. A seu pedido, as falas foram retiradas da pauta, e com pedidos de desculpas oficial, “é como se não tivessem sido ditas, ou seja, cessa medidas ritualísticas que poderiam ser tomadas pela Casa”, justificou o presidente da Casa de Leis, João Rocha (PSDB).

Comentários

comentários