Câmara recebe notificação e Mario Cesar deve participar da sessão hoje

O vereador Mario Cesar (PMDB) não apareceu na Câmara Municipal de Campo Grande nesta quarta-feira (25). A Justiça reconduziu o peemedebista que estava afastado das atividades desde o dia 25 de agosto quando foi deflagrada a operação Coffee Break.

A partir de agora vereador pode voltar a frequentar as sessões. (Foto: Arquivo)
A partir de agora vereador pode voltar a frequentar as sessões. (Foto: Arquivo)

De acordo com a Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal, a notificação foi protocolada pelos advogados de Mário César por volta da 16 horas de ontem. Com isso, a partir de agora, ele está autorizado a frequentar as dependências da Casa de Leis, além de voltar a exercer suas funções legislativas.

Para retornar ao cargo, o vereador teve de renunciar à presidência da Casa de Leis. O desembargador Júlio Roberto Siqueira Cardoso aceitou os argumentos da defesa que citou o pedido de afastamento negado dos 17 vereadores investigados. A recondução foi decidida na terça-feira (24).

“É injusto manter-se alguém que democraticamente conquistou sua vaga de representante popular, sem que se tenha um alicerce forte, sadio e incontestável que poderia, certamente, redundar em uma condenação”. Até a função de Presidente da Casa de Leis, que poderia ligá-lo aos demais edis, foi por si desistida conforme cópia hoje protocolada e chegada ao meu conhecimento”, argumentou o relator.

Comentários

comentários