Câmara dos Deputados instaura CPI da Fifa, CBF e Máfia do Futebol

A Câmara dos Deputados instaurou na terça-feira a CPI da Fifa, CBF e Máfia do Futebol. A comissão trabalhará em paralelo com a semelhante que já ocorre no Senado e que, no final do ano passado, foi prorrogada até julho.

Plenário da Casa (Foto: Divulgação)
Plenário da Casa (Foto: Divulgação)

Agora, os partidos deverão indicar parlamentares para fazerem parte dos trabalhos. A intenção é que a primeira reunião ocorra dentro de duas semanas.

Um dos responsáveis por colher as assinaturas que tornaram possível a realização da CPI foi o ex-judoca, e atual deputado federal, João Derly. A criação da comissão já havia sido anunciada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, em janeiro deste ano, mas só agora ela foi instaurada.

A comissão funcionará como uma segunda investigação à que já ocorre no Senado e é presidida pelo ex-jogador Romário.

Cogitou-se que a comissão de investigação das denúncias de irregularidades de dirigentes da entidade que rege o futebol mundial tais como suborno, fraude e formação de quadrilha fosse mista, envolvendo senadores e deputados federais, mas os senadores saíram na frente e iniciaram os trabalhos da comissão em 2015. (G1)

Comentários

comentários