Câmara da Capital realiza Feira do Trabalho com 23 serviços nesta segunda-feira

Lúcio Borges

A segunda-feira (26) está sendo marcada na Câmara Municipal de Campo Grande, pela primeira experiência em um evento Executivo, com a realização da 1ª Feira do Trabalho de Mato Grosso do Sul, oferecendo 23 serviços públicos e gratuitos à população. O evento em parceria com a Superintendência do Trabalho em MS, acontece hoje, onde foi aberto na no inicio da manhã, no estacionamento da Casa de Leis, e vai até às 21 horas, oferecendo à população uma série de serviços.

De acordo com divulgação do Legislativo, durante o evento, a população poderá emitir Carteira de Trabalho, CPF (Cadastro Único de Saúde) e cédula de identidade, além de terem acesso a atendimento médico, cadastro de currículo e oportunidades de emprego. Com foco no mercado de trabalho, a Feira ainda realizará palestras sobre trabalho infantil, a partir das 19 horas, já que 12 de junho foi o Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil. Estavam previstas a emissão de 80 carteiras de trabalho, 60 carteiras de identidade, 25 mamografias, 40 exames PSA ( Antígeno Prostático Específico) para diagnóstico do câncer de próstata.

O presidente da Câmara Municipal, João Rocha, falou na abertura que o objetivo do evento é aproximar o Legislativo cada vez mais da população, ao oferecer o tipo de serviços, que exatamente não é competência do Poder Legislativo, mas quer e pode contribuir neta, como em todas as área. “Estamos buscando trazer a população para junto do poder legislativo, para que possamos transcender não só nossas obrigações regimentais e legais, mas também cumprir nosso papel que é de oportunizar ao cidadão essa integração social, essa é a nova forma de entender a política. Agradeço a cada um de vocês aqui presente, quem está sendo beneficiado e os que estão aqui na parceria para prestar serviços”, disse.

Já o superintendente do Trabalho e Emprego de MS, Vladimir Struck iniciou abertura do evento destacando a importância das parcerias que oportunizam benefícios para a população campo-grandense. “Quando pensamos na Feira do Trabalho, pensamos nas pessoas e nada melhor do que ser aqui na Câmara que é a casa do povo, só é possível a realização desse evento com a ação de todos os parceiros, para a próxima Feira já temos mais 16 parceiros interessados em participar, além dos 21 parceiros envolvidos no evento de hoje. Só vamos conseguir mudar o País com a força do trabalho e da política, esses dois andando juntos nós vamos construir um País melhor para todos”, destacou.

Parcerias de todas as esferas

Representando o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Elisa Cléia Nobre, secretária de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho disse: “É um prazer participar de mais de uma ação que aproxima o Governo Municipal e o Governo do Estado da população, é essa nossa tarefa, para isso que trabalhamos, para que possamos levar aquilo que a população anseia”.

O vereador Carlos Augusto Borges (PSB), destacou a prestação de serviços públicos com as parcerias, para o evento que foi anunciado e lotou o estacionamento da Casa de Leis, com trabalhadores que até madrugaram para buscar os serviços mencionados. “A Câmara está proporcionando através da parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e tantos outros órgãos da administração pública, acelerar a prestação serviços fundamentais a população. O país vive um momento delicado na geração de emprego e renda, em Campo Grande a situação não é diferente,  então é importante estimularmos o acesso a todos esses serviços. A Câmara tem procurado manter ”, ponderou Carlão.

A 1ª Feira do Trabalho conta com a realização de 23 serviços, em parceria com o Instituto de Identificação, Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul, Subsecretaria Municipal de Juventude, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde Pública, Procon, Agência Municipal de Transporte e Trânsito, Departamento Estadual de Trânsito, Secretaria Municipal de Educação, Energisa, Águas Guariroba, Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul, Fundação Municipal de Esportes, Fundação Social do Trabalho, Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul, Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social, Estácio de Sá, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Anhanguera/Uniderp e Receita Federal.

Comentários

comentários