Câmara anuncia boicote até Bernal pagar direitos de comissionados

O presidente interino da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Flávio César (PTdoB, anunciou na manhã desta quinta-feira (19), durante sessão legislativa, que a Casa não votará mais nenhum projeto da administração Alcides Bernal (PP) enquanto a prefeitura não der uma resposta clara sobre o pagamento dos servidores comissionados exonerados no dia 30 de agosto, e até que os demais requerimentos de informações solicitadas pela Casa, que não obtiveram resposta, não sejam atendidos pelo prefeito.

Presidente da Câmara cobrou pagamento de comissionados e resposta aos requerimentos Foto Silvio Ferreira
Presidente da Câmara cobrou pagamento de comissionados e resposta aos requerimentos Foto Silvio Ferreira

Na sessão desta quinta-feira (19), o ex-gestor de patrimônio da Secretaria Municipal de Saúde, Valdenir Maia, ocupou a tribuna e pediu o apoio dos vereadores. Ele rebateu a acusação do atual prefeito, que acusa o grupo de ser “fantasma”. “Trabalhei todo o período na secretaria e não tenho nada de fantasma”, rebateu o funcionário.

“Jamais fui comissionado do Olarte, fui comissionado da prefeitura”, garantiu Valdenir, que falou em nome de um grupo de 50 ex-servidores que estavam no plenário.

“Essa é a medida possível a ser adotada em um contexto em que não podemos abrir um processo de cassação por improbidade administrativa, para uma prefeito que já foi cassado”, declarou Flávio César .

A bancada do PT, que sempre defendeu o retorno de Bernal à prefeitura, mas acabou preterida no processo de formação do secretariado municipal, alinhou-se à decisão de trancar à pauta das propostas executivas.

“Diante destas circunstâncias, a bancada do PT também apoia politicamente à decisão acertada da Mesa Diretora de trancar à pauta desta Casa, até uma resposta do prefeito”, declarou o vereador Alex do PT.

Diante da tempestade de críticas ao prefeito Alcides Bernal, o vereador Cazuza, do mesmo partido de Bernal (PP), apressou-se em viabilizar uma audiência com o prefeito para os vereadores e comissionados exonerados, para esta terça-feira (24), às 9h, no gabinete do prefeito, para tratar da quitação dos valores devidos aos comissionados.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários