Câmara ainda aguarda notificação para dar posse dos novos vereadores

O presidente interino da Câmara de Veraedores de Campo Grande, Flávio Cezar (PT do B) disse na manhã desta quarta-feira (18) que não tem prazo para convocar e empossar os novos vereadores após a cassação, ontem à noite, de Thais Helena (PT), Paulo Pedra (PDT) e Delei Pinheiro (PSD). “Os procedimentos só serão adotados quando for notificado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, diz.

Câmara espera notificação do TSE para empossar suplentes
Câmara espera notificação do TSE para empossar suplentes

Como a Casa de Leis ainda não foi comunicada oficialmente, ainda não há confirmação sobre os possíveis suplentes já que o Tribunal deverá recontar os votos da última eleição. Em cálculos informais, Flávio acredita que podem assumir a ex-vereadora e ex-presidente da Fundação de Cultura, Juliana Zorzo (PSC), no lugar de Delei; o suplente Roberto Durães (PT) em substituição a Thaís; e o vereador Augusto Cury (PT do B), que garante a vaga de Pedra de forma permanente.

De acordo com Flavio César, a substituição ainda pode demorar. Inicialmente, os três vereadores cassados poderão continuar com as atividades normalmente.

Se as mudanças forem oficializadas, uma nova eleição para a mesa diretora da Câmara Municipal deve ser convocada considerando que Thaís Helena é a segunda vice-presidente, Paulo Pedra o 3º presidente e Delei Pinheiro ocupa a 1ª Secretaria. Somado a isso, existe o afastamento por tempo indeterminado do titular da presidência, vereador Mario César (PMDB).

Silvio Ferreira com Jackson Nogueira

Comentários

comentários