Câmara adia horário para eleição do novo presidente; 14 estão no páreo

O presidente em exercício da da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), transferiu das 16h para as 19h (horários de Brasília) desta quarta-feira a sessão em que será eleito o novo presidente da Casa. A informação foi divulgada em nota distribuída pela Secretaria-Geral da Mesa da Câmara.

Deputado do PSD Rogério Rosso, favorito pelo Centrão para assumir Câmara - Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Deputado do PSD Rogério Rosso, favorito pelo Centrão para assumir Câmara – Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Com isso, o prazo final para retirada de candidaturas ao cargo passa para as 18h (horário de Brasília) – ou seja, uma hora antes do início da sessão.

Até o momento, quatro deputados retiraram a candidatura: Heráclito Fortes (PSB-PI), Maria do Rosário (PT-RS), Beto Mansur (PRB-SP) e Fausto Pinato (PP-SP). Permanecem na disputa 14 deputados.

No plenário, parlamentares protestaram contra o adiamento da sessão. O líder do PTB, deputado Jovair Arantes (GO), disse que a decisão contraria o Regimento Interno e exigiu o início da sessão às 16h.

Após pedir esclarecimentos à Secretaria-Geral, o deputado Carlos Manato (SD-ES), no comando dos trabalhos da sessão ordinária, encerrou a sessão de debates e convocou a sessão para as 19h.

VEJA A LISTA

Evair Vieira de Melo (PV-ES)
Esperidião Amin (PP-SC)
Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Miro Teixeira (Rede-RJ)
Luiza Erundina (PSOL-SP)
Rogério Rosso (PSD-DF)
Giacobo (PR-PR)
Cristiane Brasil (PTB-RJ)
Carlos Gaguim (PTN-TO)
Carlos Manato (SD-ES)
Gilberto Nascimento (PSC-SP)
Marcelo Castro (PMDB-PI)
Fábio Ramalho (PMDB-MG)
Orlando Silva (PCdoB-SP)
Heráclito Fortes (PSB-PI), que na semana passada havia se candidatado, abriu mão da disputa ontem (12).

Comentários

comentários