Biblioteca Isaías Paim realiza programação especial no mês da Consciência Negra

Foto Divulgação
Foto Divulgação

No mês de novembro se comemora o Dia da Consciência Negra no país, data que homenageia Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares,  e a Biblioteca Pública Estadual “Dr. Isaías Paim” realiza  de 16 a 18 deste mês, programação especial com exposição fotográfica e literária, palestra e dança como forma de  transmitir  e conscientizar numa reflexão e partilha  sobre como os povos africanos tiveram uma parcela de extrema importância que contribuiu para a formação  da  cultura brasileira.

Zumbi representou a luta do negro contra a escravidão, morreu defendendo sua comunidade e lutou pelos direitos de seu povo, que só veio em 1888  com a abolição oficial da escravatura no Brasil, cerca de 190 anos após sua morte.

Durante a exposição literária com obras especialmente escolhidas com a temática e que ficará aberta ao público a partir do dia 16/11 (quarta-feira) haverá um painel do artista negro, uma contribuição do artista plástico Galvão Pretto, no qual serão projetadas às trajetórias do negro na cena brasileira desde o Império,  a saga da diáspora  negra na colônia portuguesa no Brasil.

No dia 17/11(quinta-feira) das 14 às 16h haverá a palestra  com o tema “A Literatura Infanto / Juvenil no Processo de Empoderamento da Criança Negra”  que será ministrada pelo Prof. Mário Henrique dos Santos Lopes  da UEMS.  Na ocasião haverá uma performance de dança com Robson Marx e Mariana de Castro.

Na sexta-feira (18/11) das 9 às 11h haverá a projeção fotográfica “Que cor tem a sua pele?” do fotógrafo Mateus Lobando. Os interessados também poderão participar de uma oficina de dança afro ministrada por Mariana de Castro. As inscrições devem ser realizadas pelo e-mail [email protected].

Para Eleuzina Crisanto, coordenadora da biblioteca, quando os estudantes recebem estímulos diferenciados, eles se tornam mais interessados pelo assunto e acabam se envolvendo mais nas atividades propostas. Já para Mariana Castro que idealizou o projeto, ”a leitura e a arte traz a oportunidade ao mundo culto e contribui para a democratização de um de nossos mais valiosos bens culturais”, frisa Castro.                          

Serviço: A atividades da Consciência Negra realizadas pela Biblioteca Isaias Paim propõe para as escolas três dias de visita às exposições, que serão de quarta a sexta, com início no dia 16/11 apartir das 09h ás 11h, dia 17/11 das 14h ás 17h e no dia 18/11 das 09h ás 11h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3316-9176.

Comentários

comentários