Bernal se reúne com Exército para viabilizar operação tapa buracos

Nesta segunda-feira (26) o prefeito Alcides Bernal esteve reunido com o cel. José Roberto Melo Queiroz do CMO, a assessora jurídica da 9ª Região do Comando Militar do Oeste (CMO), Glauce Arcanjo e equipe de engenharia, com a finalidade da Prefeitura de Campo Grande firmar convênio ou um termo de cooperação mútua para que a equipe de engenharia do Exército Brasileiro (EB) faça os trabalhos de tapa buracos nas principais vias da Capital. Essa é a segunda reunião para tratar do assunto, a primeira foi ralizada com o general de Exército, Paulo Humberto Cesar de Oliveira do Comando Militar do Oeste (CMO), que abriga as regiões de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Reunião foi realizada para discutir convênio par tapa buraco - Foto: César Krugel / PMCG
Reunião foi realizada para discutir convênio par tapa buraco – Foto: César Krugel / PMCG

Na ocasião, o prefeito Alcides Bernal entregou um ofício para o cel. José Roberto Melo Queiroz, a ser entregue ao comandante do CMO, general de Exército Paulo Humberto Cesar de Oliveira requisitando os serviços de engenharia do exército visando à realização dos serviços de conservação das vias públicas da Capital.

Em 2013, o Exército Brasileiro realizou serviços de troca de piso da avenida Coronel Teixeira e usou o concreto Betuminoso Usinado Quente (CBUQ), para recapear e tapar buracos nas principais avenidas e ruas de Manaus (AM)

De acordo com o cel. do CMO, José Roberto Melo Queiroz, nesta primeira reunião foram tratados assuntos relacionados à viabilidade técnica. “Estamos tratando todos os tramites legais com a Prefeitura. A parte técnica ficará a cargo do 3º Grupamento de Engenharia com sede em Campo Grande e a execução pelo 9º Batalhão com sede em Cuiabá-MT. Com todos os termos legais acordados, podemos fazer os trabalhos de tapa buracos. Tudo com um planejamento prévio e com o apoio de técnico do município”.

Segundo a assessora jurídica da 9ª Região do Comando Militar do Oeste (CMO), Glauce Arcanjo, todo esforço será feito para ter um instrumento legal e assinar um acordo com a Prefeitura. “Vamos fazer a análise jurídica e apresentar para a AGV e para o Exército. O Estado Maior que dá a última palavra”, frisou.

Durante a reunião, o prefeito Alcides Bernal solicitou ao secretário municipal e Infraestrutura, Transporte e Habitação (Seintrha), Amilton Cândido de Oliveira que faça um estudo e levantamento das vias com mais emergência para receber o serviço de tapa buracos. “Os serviços devem ser iniciados pelas ruas que estão com mais problemas. Queremos fazer esta parceria com o Exército Brasileiro, que tem todo o respeito da população e seus serviços são de qualidade. Temos como viabilizar a contrapartida, que é alimentação para os militares que farão os serviços e o combustível para as máquinas e caminhões. Nossos agentes de trânsito farão as intervenções e os guardas municipais ficarão responsáveis da segurança dos equipamentos”, frisou o prefeito.

A reunião contou com a presença do procurador-geral do Município, Denir de Souza Nantes; secretário municipla de Governo e Relações Institucionais, Paulo Francisco Coimbra Pedra; secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle; Disney de Souza Fernandes.

Comentários

comentários