Bernal nega que enviou PMs à Câmara e Flávio César coloca “panos quentes”

Teve final aparentemente feliz o que o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) e o presidente Câmara Flávio César (PTdoB), consideraram “apenas um equivoco, um mal entendido”, sobre o fato ocorrido ontem (22), com a presença de dois policiais acompanhando a vereadora Luiza Ribeiro (PPS).

Bernal depois da reunião na Câmara junto com o presidente Flávio César
Bernal depois da reunião na Câmara junto com o presidente Flávio César

Nesta tarde depois de se reunir com os vereadores, Bernal disse que a visita foi para entender o que aconteceu, já que ele foi denunciado por supostamente mandar os policiais ao local.

“Conheço os policiais, eles são lotados na ouvidoria, mas tomei conhecimento dos fatos pela imprensa. Eles são cidadãos e estiveram aqui nesta condição. Tudo já foi esclarecido. Aqui ninguém precisa fazer segurança, embora o momento acabe levando a este tipo de interpretação”, disse o prefeito.

O prefeito afirmou que aproveitou a visita “para convidar os vereadores que na terça-feira as 18h, na esplanada, para fazermos a entrega e firmarmos convênios das emendas parlamentares de investimento social”, comentou. 

De acordo com Flávio César, a reunião foi proveitosa. “O importante disso tudo foi que nós tivemos uma reunião bastante produtiva para discutirmos assuntos relevantes daquilo que é de interesse da população de Campo Grande. Nós vamos continuar cumprindo nosso papel, a Câmara vai a continuar dando todas as condições para que o chefe do executivo consiga recuperar o desenvolvimento da cidade’, pontua.

“Tudo isso foi uma grande confusão e toda situação está esclarecida. A Polícia Militar vai tomar providência que achar necessária”, disse Flávio César que chegou a registrar BO sobre o assunto.

Flávio César garantiu ainda, que mais agendas positivas serão feitas entre o Executivo e o Legislativo. Bernal, por sua vez, alega que está fazendo sua parte. “Vou trabalhar. É isso que tenho que fazer”, finalizou.

Comentários

comentários