Bernal anuncia medidas de austeridade: “Sejam elas populares ou não”

Em entrevista ao programa Tribuna Livre e ao portal Página Brazil, o prefeito Alcides Bernal anunciou a adoção de medidas de austeridade, que “sejam populares ou não, serão adotadas para sanar às finanças de Campo Grande no menor prazo possível”.

Foto Silvio Ferreira
Foto Silvio Ferreira

“Nós cortamos as despesas desnecessárias, demitimos todos os comissionados da gestão anterior.” Bernal citou o caso de uma “secretária de secretário que ganhava em torno de R$19 mil e fantasmas que ganhavam R$6 mil reais por mês, que em horário de expediente, estavam em academias e shoppings”, lembrou.

Folha de pagamento é prioridade – “Vamos reduzir às despesas; suspender o pagamento para avaliação e análise de notas fiscais e contratos. Determinamos que o pagamento dos servidores públicos municipais seja prioridade, assim como foi a questão da saúde e da educação”, declarou. “Hoje, a folha gira em torno de R$90 milhões de reais e quando nós assumimos, tínhamos R$10 milhões, ou seja, um déficit enorme. Mas a nossa prioridade é que os serviços públicos essenciais funcionem. Os médicos nós já convencemos que voltem a trabalhar e já voltaram à trabalhar e montamos uma equipe de monitoramento e fiscalização da qualidade no atendimento”.

Sobre reajustes e salários de servidores, Bernal anunciou: “me comprometi com os servidores públicos a fazer justiça.” Mas o prefeito frisou: “Não temos como pagar conforme eu pagava na primeira etapa do nosso mandato, no primeiro dia do mês, não era no quinto dia útil do mês. E em alguns meses nós até antecipamos o pagamento, quando o primeiro dia útil caía num sábado ou em um feriado.”

Bernal destacou que, explicou que o pagamento dos servidores continuará sendo realizado de forma escalonada, mas de forma linear, de modo que todos os servidores – e não mais apenas parte deles – recebam a primeira parcela neste sábado (5): “Amanhã, 58,88% já receberão o seu salário conforme compromisso com esse prefeito que ficou um ano e dois meses cumprindo religiosamente à sua obrigação.”

De acordo com o prefeito, nesta sexta-feira (4), será depositado o valor correspondente ao salários integrais de 12.059 servidores que recebem até R$2 mil. Servidores que recebem mais de R$2 mil (6.699 servidores, ou 31% dos servidores municipais), receberão a primeira parcela neste sábado e a segunda até o dia 14, quando mais precisamente, 85% dos servidores municipais terão recebido os seus salários integralmente”, concluiu.

Silvio Ferreira

Comentários

comentários