Bebê precisa de transplante de intestino em Bandeirantes, família pede ajuda

A bebê Marya Alice, com apenas cinco dias de vida, filha de moradores de Bandeirantes, nasceu com uma má formação no intestino e passou por uma cirurgia para retirada de grande parte do intestino, agora ela se alimenta por sonda e usa colostomia. Os pais e familiares precisam de ajuda, pois Marya Alice necessita fazer um transplante de intestino, porém a cirurgia é feita apenas nos Estados Unidos da América.

Marya Alice está internada no Hospital Regional de Campo Grande. [foto: Divulgação/Arquivo familiar]
Marya Alice está internada no Hospital Regional de Campo Grande. [foto: Divulgação/Arquivo familiar]
Em conversa com a avó de Marya Alice, Mara Alice dos Nascimento Centurião, ela relatou ao Idest que a neta está internada no Hospital Regional em Campo Grande, o nascimento ocorreu na última sexta-feira (15). A família mora na rua David Ferreira, 380, bairro Silvino de Barros em Bandeirantes, e destaca que toda ajuda que receberem será bem vinda.

Mara pede que quem puder ajudar com doações de fraudas, lenços, sabonetes, dinheiro, ou qualquer outra doação, pode entrar em contato através do 99675.6404 ou procurar a residência da família.

Segundo Mara, a cirurgia que a neta precisa fazer tem o valor em torno de R$ 2 milhões e para que o Sistema Único de Saúde (SUS) cubra, é necessário que a família entre com um processo e a ajuda de um advogado seria bem vinda também, além de que os acompanhantes da Marya Alice terão despesas como hospedagem e alimentação nos EUA.

O que é colostomia?

Colostomia é um procedimento cirúrgico que consiste em fazer-se uma abertura na parede abdominal (estoma), temporária ou permanente, e ligar nela uma terminação do intestino, pela qual as fezes e gases passam a ser eliminados. A este estoma acopla-se uma bolsa adesiva, coletora dos produtos intestinais. (IDEST)

Comentários

comentários