Bandidos arrombam e explodem agência do Banco do Brasil

A madrugada foi de terror, mais uma vez, na pacata cidade de Pedro Gomes, região norte de Mato Grosso do Sul. Bandidos fortemente armados explodiram a agência do Banco do Brasil. Logo após as explosões, o fogo tomou conta da agência que ficou totalmente destruída.

Foto: PC de Souza
Foto: PC de Souza

Além das explosões relatadas por moradores, os assaltantes efetuaram muitos disparos, na tentativa de intimidar moradores e policiais. Por enquanto, não existem informações de feridos, tão pouco do valor levado pelos bandidos, que já deixaram a cidade.

Informações do Edição de Notícias dão conta de que os bandidos usaram dois veículos, sendo um GM Cruze de cor escura e uma Toyota Hillux clara. Outros afirmam que foram quatro veículos. As polícias Civil e Militar, assim como a PRF (Polícia Rodoviária Federal), trabalham na tentativa de localizar os assaltantes.

bbpe

É o segundo ataque na região este ano. Em Sonora, o Banco do Brasil também ficou destruído num ataque ocorrido em abril e até hoje não voltou a funcionar, causando prejuízos aos clientes da agência. As obras para reconstrução da agência iniciaram no mês passado, porém, não foi divulgado prazo para entrega.

Já em Pedro Gomes, a agência do Banco do Brasil foi assaltada diversas vezes. Vizinha da agência, Itelmária Campos Gomes de Freitas, de 52 anos, já presenciou quatro ações de bandidos, todas fortes, sendo algumas semelhantes a cenas de filmes.

É o segundo ataque na região este ano. Em Sonora, o Banco do Brasil também ficou destruído num ataque ocorrido em abril e até hoje não voltou a funcionar, causando prejuízos aos clientes da agência. As obras para reconstrução da agência iniciaram no mês passado, porém, não foi divulgado prazo para entrega.

Foto: PC de Souza
Foto: PC de Souza

Já em Pedro Gomes, a agência do Banco do Brasil foi assaltada diversas vezes. Vizinha da agência, Itelmária Campos Gomes de Freitas, de 52 anos, já presenciou quatro ações de bandidos, todas fortes, sendo algumas semelhantes a cenas de filmes.

Ainda conforme o Edição MS, no interior do banco, é possível notar a destruição total da agência, sobrando apenas algumas paredes externas. Assim como em Sonora, os clientes de Pedro Gomes devem ficar alguns meses sem agência. Apesar do Banco do Brasil não informar o valor levado, a especulação é que seja pouco, pois o pagamento da prefeitura, época de maior movimentação, foi feito no início do mês.

Comentários

comentários