Avião russo cai com 224 passageiros

A aeronave sumiu dos radares depois de 23 minutos da decolagem no Egito

As autoridades aeroportuárias da Rússia informaram neste sábado que um avião com 224 passageiros russos a bordo desapareceu dos radares próximo do Chipre, após decolar de uma cidade do litoral do Egito. O avião, um Airbus-321 da companhia KogalimAvia, perdeu contato com os radares no início da manhã, 23 minutos após a decolagem, quando sobrevoava a cidade de Larnakia, segundo relatou um porta-voz de Rosaviatsia, a agência estatal de aviação civil russa.

31russo

“Desde então não voltou a estabelecer contato. A aeronave não aparece nos radares”, acrescentou. O avião, que realizava o voo 9268, decolou às 3h51 (1h51 de Brasília) da cidade turística egípcia de Sharm el-Sheikh, o destino favorito dos turistas russos.

Segundo o porta-voz da Rosaviatsia, o avião tinha como destino o aeroporto Pulkovo, da cidade de São Petersburgo, onde deveria aterrissar pouco depois do meio-dia local (7h de Brasília).

De acordo com fontes da embaixada da Russia no Egito, todos os passageiros presentes no avião são cidadãos russos, entre eles 17 crianças e os sete membros da tripulação.

As primeiras informações são de que o avião perdeu altura de maneira brusca pouco após a decolagem. O piloto teria pedido à torre de controle permissão para realizar uma aterrissagem de emergência no Cairo.

Com Informações agência EFE

Comentários

comentários