Avião da PF que fez pouso forçado na Capital transportava US$ 2,4 milhões

A aeronave da Polícia Federal (PF), que fez pouso forçado às 13h24 desta terça-feira (12) no Aeroporto Internacional de Campo Grande, transportava os US$ 2,4 milhões, equivalente a R$ 8 milhões de reais, apreendidos com casal num ônibus durante operação realizada no fim de semana em Corumbá.

Pneu do avião da PF teria estourado na hora do pouso em Campo Grande (Foto: Flávio Dias/TV Morena)
Pneu do avião da PF teria estourado na hora do pouso em Campo Grande (Foto: Flávio Dias/TV Morena)

Um pneu furado causou a aterrissagem da aeronave na pista, que ficou interditada por mais de duas horas, conforme informações obtidas junto à Superintendência da Polícia Federal.

O incidente provocou transtornos para três voos, sendo dois da Azul Linhas Aéreas e um da TAP Portugal, que opera com a Azul. A pista foi liberada às 15h35, segundo assessoria da Infraero.

Viaturas da PF se deslocaram até o aeroporto da Capital para garantir segurança no local. A previsão da Superintendência é que hoje mesmo a aeronave de Grand Caravan com capacidade para 14 passageiros siga para o aeroporto de Guarulhos, provável cidade de origem do dinheiro.

Comentários

comentários