Avaí surpreende e vence o Botafogo no estádio Nílton Santos

Gazeta Esportiva/JN

O Botafogo decepcionou a sua torcida ao ser derrotado pelo Avaí por 2 a 0, em partida disputada na noite desta segunda-feira, no estádio Nilton Santos, no encerramento da décima rodada do Campeonato Brasileiro. A torcida alvinegra, que esperava ver seu time subir para a terceira posição, voltou para a casa frustrada. O time de General Severiano segue com 15 pontos, mas caiu para a oitava posição. O Avaí, que alcançou a segunda vitória na competição, chegou aos oito pontos ganhos e deixou a lanterna para o Atlético Goianiense. Joel, ex- Botafogo, foi o carrasco da sua ex-equipe, marcando os dois gols da equipe catarinense.

Bota sofre com a forte marcação do Avaí no estádio Nilton Santos (Foto: Gazetapress)

O Avaí mereceu o resultado por ter aproveitado as oportunidades que apareceram para definir o jogo. E ainda contou com o goleiro Douglas, que teve uma grande atuação. O Botafogo foi surpreendido pelo adversário no começo da partida e depois não conseguiu transformar a grande pressão em gols. Seus jogadores desperdiçaram muitas chances para marcar e ainda tiveram pela frente, um goleiro muito inspirado.

Na próxima rodada, o Botafogo vai enfrentar o Corinthians, em São Paulo. O Avaí vai receber a Ponte Preta, em Florianópolis.

O jogo

A partida começou em ritmo lento com os dois times tocando a bola sem demonstrar muita pressa. E no primeiro ataque organizado, aos cinco minutos, o Avaí marcou o primeiro gol. Juan cruzou da esquerda e Pedro Castro completou, mas a bola acabou nos pés de Joel que chutou em cima de Igor Rabelo. No rebote, o mesmo Joel mandou para as redes defendidas por Gatito.

Além de sofrer o gol, o Botafogo levou outro baque na sequência. O meia Montillo que começava como titular depois de muito tempo, sentiu uma lesão na panturrilha e foi obrigado a deixar o campo aos sete minutos. Guilherme entrou no lugar do argentino, que saiu muito chateado.

O time de Jair Ventura se mostrava inteiramente desorganizado em campo e acabou sofrendo o segundo gol, aos 16 minutos. Novamente Joel. O camaronês recebeu uma bola escorada por Pedro Castro e chutou para marcar.

Um minuto depois, o Botafogo quase marcou o primeiro gol quando Camilo cabeceou, por cima da trave, um cruzamento de Rodrigo Pimpão. Aos 19 minutos, o time carioca chegou outra vez na área com uma conclusão de Rodrigo Lindoso.

A pressão alvinegra aumentou e, aos 21, foi a vez de Arnaldo mandar uma bomba, mas Douglas fez grande defesa. Três minutos depois, foi a vez de Roger cabecear com perigo. Com uma vantagem de dois gols, o Avaí se limitava a tentar bloquear as investidas do adversário e mantinha apenas Joel na frente.

O Botafogo pressionava em busca do primeiro gol e, aos 28 minutos, Capa quase marcou contra, após cruzamento de Victor Luis.

A pressão do Alvinegro não diminuía, mas o time carioca seguia desperdiçando oportunidades. Aos 38 minutos, após cruzamento na área, Marcelo concluiu, a bola bateu na zaga e ficou livre para Igor Rabello, na entrada da pequena área, mas o zagueiro chutou por cima do travessão, para desespero da torcida alvinegra.

No último lance do primeiro tempo, Guilherme lançou Pimpão na corrida, mas o goleiro Douglas chegou primeiro e ficou com a bola.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Aos cinco minutos, o Botafogo criou a primeira oportunidade. Rodrigo Pimpão fez bom lançamento para Roger na área, mas o atacante não conseguiu dominar a bola.

O Avaí manteve sua postura defensiva, mas quase acabou marcando o terceiro gol, aos nove minutos. Rômulo foi lançado na corrida, Victor Luis chegou primeiro, tentou atrasar para Gatito Fernándes, mas cabeceou fraco e Rômulo chegou antes do goleiro, mas concluiu para fora.

O Botafogo seguia pressionando em busca do primeiro gol. Aos 18 minutos, Bruno Silva tocou para Camilo, que fez ótimo para a entrada de Rodrigo Lindoso. O volante tentou encobrir o goleiro do Avaí e mandou para fora. Um minuto depois, Pimpão cruzou e Roger, que cabeceou nas mãos de Douglas. Aos 26 minutos, o goleiro do Avaí voltou a aparecer bem ao defender chute forte de Rodrigo Lindoso.

O Avaí teve a chance de liquidar a fatura aos 35 minutos. Júnior Dutra recebeu na intermediária, se livrou da marcação e chutou forte. Gatito ainda desviou, mas a bola se chocou com a trave do time carioca.

Aos 44 minutos, o Botafogo desperdiçou mais uma oportunidade para tirar o zero, quando Bruno Silva recebeu na área e chutou forte, mas mandou para fora. Nos acréscimos, o goleiro Douglas fez três defesas seguidas em chutes de Guilherme, Leandrinho e Rodrigo Pimpão, de bicicleta.

FICHA TÉCNICA BOTAFOGO-RJ 0 X 2 AVAÍ-SC

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 26 de junho de 2017 (Segunda-feira)

Horário: 20h(de Brasília)

Público: 20.396 pagantes

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

Cartão Amarelo: Igor Rabello(Bota) ;Douglas, Leandro Silva, Luan(Av)

Gols: AVAÍ: Joel aos cinco e16 minutos do primeiro tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello(Pachu)e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Camilo(Leandrinho) e Montillo(Guilherme); Rodrigo Pimpão e Roger

Técnico: Jair Ventura

AVAÍ: Douglas, Leandro Silva, Airton, Betão e Capa; Judson(Wellington Simião), Luan, Pedro Castro e Juan(Diego Tavares); Rômulo e Joel(Júnior Dutra)

Técnico: Claudinei Oliveira

Comentários

comentários