Atividades da Semana de prevenção ao Câncer de Boca iniciam na próxima segunda-feira

Foto Divulgação
Foto Divulgação

O CRO-MS (Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso do Sul) realiza a partir da próxima segunda-feira (9), ações de prevenção ao Câncer de Boca, que fazem parte das atividades programadas para a “Semana de prevenção ao Câncer de Boca”, instituída por meio de Leis Estadual e Municipal.

“É o momento para alertarmos a população sobre o perigo do Câncer de Boca. Muitas vezes falta conhecimento das pessoas sobre essa doença, que pode até matar, mas que desde que diagnosticada precocemente tem cura”, ressalta o presidente do CRO-MS, Francisco Grilo.

A abertura oficial da Semana de Prevenção ao Câncer de Boca, ocorrerá a partir 13h30 desta segunda-feira (9), e contará com a presença de profissionais e acadêmicos de odontologia para uma palestra no auditório da Uniderp.

Na quarta-feira, (11), a atividade será realizada na Praça Ary Coelho, das 8h às 12h. No local será instalado um posto de atendimento, em que a população passará por uma triagem com o objetivo de diagnosticar lesões cancerígenas. Também será realiza uma blitz educativa e profissionais e acadêmicos da odontologia darão dicas de autoexame. A ação será realizada em parceria com a Uniderp.

 Câncer de Boca

O câncer de boca está na lista dos mais incidentes na população de acordo com dados do INCA (Instituto Nacional de Câncer). A estimativa da entidade é que somente em 2014, foram registrados 11.280 casos novos de câncer da cavidade oral em homens e 4.010 em mulheres. Tais valores correspondem a um risco estimado de 11,54 casos novos a cada 100 mil homens e 3,92 a cada 100 mil mulheres.

Conforme o INCA, em 2013 foram registradas 7.144 mortes no Brasil, sendo 5.645 homens e 1.499 mulheres.

O câncer bucal ocorre mais frequentemente em homens, principalmente com mais de 40 anos de idade. O fumo, combinado com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, são os principais fatores de risco. O câncer de boca atinge os lábios e a cavidade bucal, nas regiões da bochecha, gengiva, céu da boca, língua e assoalho da boca. Já o câncer de lábio tem como principal fator de risco a exposição solar.

Fatores de Risco

Os fatores que podem levar ao câncer de boca são idade superior a 40 anos, vício de fumar cachimbos e cigarros, consumo de álcool, má higiene bucal e uso de próteses dentárias mal-ajustadas.

Principais Sintomas

Aparecimento de feridas na boca, não dolorosas e que não cicatrizam em uma semana. Outros sintomas são ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores (podendo sangrar ou não) e manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na mucosa bucal. Dificuldade para falar, mastigar e engolir, além de emagrecimento acentuado, dor e presença de linfadenomegalia cervical (caroço no pescoço) são sinais de câncer de boca em estágio avançado.

Prevenção

Prevenção do câncer na boca: é possível através de hábitos saudáveis que incluem:

– Evitar o consumo excessivo de álcool;
– Evitar fazer uso excessivo de cachimbos e cigarros;
– Evitar exposição ao sol sem proteção;
– Evitar o uso de próteses desajustadas à sua boca;
– Ter uma boa higiene bucal, escovando os dentes quatro vezes ao dia, de preferência após todas as refeições;
– Ter um acompanhamento odontológico frequente;
– Manutenção de uma dieta saudável, rica em frutas e legumes;
– Realizar um autoexame da boca, procurando qualquer tipo de alteração como: feridas, inchaços ou manchas.

Comentários

comentários