Ataque suicida em Bagdá mata 14 pessoas

Pelo menos 14 pessoas morreram em um ataque suicida em Bagdá. O atentado teve como alvo um posto de controle no norte da capital iraquiana, no bairro xiita de Kadhimiya. Entre os mortos estão pelo menos oito civis

Cerca de 20 pessoas ficaram feridas, revelaram fontes médicas e policiais. Ainda não houve reivindicação imediata de responsabilidade pelo ataque, mas o Estado Islâmico tem realizado ataques suicidas contra as forças de segurança e contra membros da comunidade xiita do país.

No dia 3 de julho, um homem-bomba matou 292 pessoas no bairro de Karrada, em Bagdá. Uma semana depois, um ataque a um templo xiita em Balad, ao norte da capital, causou 40 mortes.

O Estado Islâmico conquistou grandes áreas no norte e oeste de Bagdá, em 2014, mas as forças iraquianas vêm ganhando terreno desde então por meio de uma série de operações para reconquistar  a área.

Agência Brasil

Comentários

comentários