Associação dos Fonoaudiólogos de MS ressalta importância da atuação do profissional para a população

(Foto: Paulo Francis)
Stella Maris Cortez Bacha, Presidente da Associação dos Fonoaudiólogos de Mato Grosso do Sul. (Foto: Paulo Francis)

A presidente da Associação dos Fonoaudiólogos de Mato Grosso do Sul, Stella Maris Cortez Bacha, esteve na tarde desta quinta-feira (29), no estúdio da Página Brazil para esclarecer duvidas sobre a importância desse profissional nas mais diversas atividades do  dia a  dia da população, sua atuação com bebês e com pessoas que precisam de atenção e cuidados com a alimentação.

De acordo com Stella, o fonoaudiólogo é um profissional que estuda o curso de fonoaudiologia por um tempo de 4 anos, porem atualmente não há esse curso no estado de Mato Grosso do Sul, no entanto o profissional trabalha na área de comunicação oral, escrita, voz, audição, tanto no aspecto de aprimoramento como em para tratamento. “O fonoaudiólogo pode tanto auxiliar uma pessoa a falar melhor, um profissional da comunicação que precisa ter uma fala e voz bem adequada para a sua profissão, como tratar problemas, como a fala errada, rouquidão, e em conjunto com outros profissionais, reabilitar essa dificuldade da pessoa”, explica.

A especialista frisa que em casos que a pessoa perceber que tem alguma dificuldade para falar, comer, se expressar, ou no caso de criança pequena, dificuldade de inicio a fala, ou até mesmo no brincar, são casos em que é indicado a procura do fonoaudiólogo, e não necessariamente o mesmo fará um tratamento. “As vezes em uma avaliação recebe orientações e em muitas vezes não precisam nem tratar” alega.

A fonoaudióloga ressalta uma área muito importante com a cognição, o raciocínio lógico e inteligência, pois esse trabalho é muito importante para a linguagem, momento em que se transmite com a fala o que esta em pensamento. Um destaque importante é que no último dia 22 deste mês foi o dia de atenção a gagueira, que também é um problema de fala e precisa de tratamento desse profissional. É um problema bastante especifico, mas que tem tido excelentes resultados com a intervenção fonoaudiológica.

Para saber mais informações sobre o assunto, há um site onde tem orientações com as diversas áreas e atuação, e  esclarecimento de duvidas, o site é o www.afams.org.br.

Paulo Francis

Comentários

comentários