Assembleia Legislativa tenta se adaptar ao período da campanha eleitoral em MS

Os deputados estaduais conseguiram flexibilizar o horário de funcionamento dos gabinetes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul durante a campanha eleitoral para prefeito e vereador. A mudança começa a valer na próxima semana, informa reportagem da TV Morena.

Presidente da Mesa Diretora, Júnior Mochi (Foto: Divulgação)
Presidente da Mesa Diretora, Júnior Mochi (Foto: Divulgação)

Os deputados que vão se envolver nas campanhas municipais conseguiram o que queriam: vão contar com os assessores de gabinete nos trabalhos políticos em Campo Grande e no interior.

“A atribuição do servidor da Casa é atender no que tange ao seu mandato de parlamentar, mas não tem como você também não ser acompanhado pela sua equipe de assessoria”, afirmou o deputado Lídio Lopes (PEN).

Flexibilizar o expediente da Assembleia por conta da eleição acabou virando polêmica por lá. Alguns deputados eram contra a mudança de horário; outros, a favor. O fato é que toda essa situação de campanha, de bastidores, já estava prevista em uma resolução da própria Assembleia.

Cada deputado pode definir se vai mudar ou não horário de trabalho dos comissionados dos gabinetes. A medida já começa a valer na semana que vem.

“A Casa não muda. Todos os servidores da Assembleia Legislativa continuam a fazer Assembleia e continuam com a mesma jornada de abertura e de funcionamento. Os gabinetes dos deputados que têm o seu servidor ele tem essa prerrogativa e pode ter essa flexibilidade”, garantiu o presidente da Assembleia, deputado Júnior Mochi (PMDB).

Comentários

comentários