Artistas fazem ato contra redução da maioridade penal

Pintando um bandeirão com os dizeres “redução é roubada” no Vale do Anhangabaú, centro de São Paulo, cerca de 100 artistas manifestam-se contra a proposta da redução da maioridade penal na tarde deste sábado (9).

A ação é uma das dezenas de intervenções artísticas e mobilizações de coletivos e movimentos sociais que ocorrem em diversos pontos da capital paulista, chamada de “Virada Penal”.

Locais como a praça Roosevelt, o largo de Pinheiros, a rua 25 de Março e a Ocupação Mauá foram escolhidos para apresentações de teatro, exibições de filmes e a realização de debates, organizados por cerca de 200 coletivos e movimentos sociais. As cidades de Brasília, Salvador, Recife e Campinas são algumas das que também participam do evento.

Ressuscitada pela bancada conservadora da Câmara, sob o comando de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a redução da maioridade penal está sendo debatida no Congresso. A discussão da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) pode levar a maioridade de 18 para 16 anos.

Segundo pesquisa Datafolha, divulgada no último dia 15, se houvesse hoje uma consulta popular, 87% dos brasileiros diriam ser a favor da redução da maioridade. A maior rejeição à proposta está entre os mais escolarizados (23%) e entre os mais ricos (25%).

Comentários

comentários