Arquidiocese de Campo Grande espera 3 mil pessoas na ordenação do novo bispo auxiliar

O novo bispo auxiliar da Arquidiocese de Campo Grande, dom Janusz Marian Danecki, será ordenado e empossado nesta sexta-feira (1º de maio), em celebração a ser realizada às 9h, no Ginásio Poliesportivo do Colégio Auxiliadora. A Missa Solene terá como Sagrante Principal o Arcebispo Metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa e será concelebrada por dom Sérgio Eduardo Castriani, Arcebispo Metropolitano de Manaus (AM) e por dom João Wilk, Bispo de Anápolis (GO).

Frei Janusz Marian Danecki será o novo bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande  (Foto: Divulgação)
Frei Janusz Marian Danecki será o novo bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande
(Foto: Divulgação)

Cerca de 3 mil pessoas são esperadas para a missa de ordenação e posse de dom Janusz Danecki. Toda a celebração está sendo preparada há pouco mais de um mês, por uma equipe de sacerdotes e leigos de diversas paróquias e comunidades da Arquidiocese, sob a organização do Pe. Odair de Souza Costa. “Temos um grande número de pessoas envolvidas e empenhadas em todos os preparativos deste grande momento para a nossa arquidiocese”, lembra dom Dimas. Toda a missa será transmitida ao vivo pela Rádio e TV Imaculada Conceição e também por meio do site da Arquidiocese de Campo Grande.

Histórico

O frei Janusz Marian Danecki foi nomeado pelo papa Francisco em 24 de fevereiro deste ano como bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande. Natural de Sochaczew, na Polônia, dom Janusz Danecki era, até fevereiro deste ano, pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima em Juruá, na Prelazia de Tefé (AM). Ele pertence à Ordem dos Frades Menores Conventuais (OFMConv). Nasceu em 8 de setembro de 1951 e ingressou no Seminário Menor de Niepokalanów aos 14 anos.

Foi ordenado presbítero no dia 19 de junho de 1977, em Sochaczew. Por oito anos exerceu o ministério sacerdotal na Polônia, passando por diversas paróquias e também na arquidiocese de Varsóvia até 1984. Desempenhou atividade na Pastoral Vocacional e no Centro Vocacional de Niepokalanów. Em 14 de abril de abril de 1985, foi enviado à Missão de São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil.

Na arquidiocese de Brasília e diocese de Luziânia (GO), ocupou a função de pároco em diferentes paróquias. No período d e1987 a 1994, exerceu atividade de formador no Seminário Propedêutico da Ordem dos Frades Menores Conventuais, no Jardim da Imaculada, em Luziânia e no Seminário São Francisco de Assis, em Brasília . Foi diretor Nacional do Movimento Milícia da Imaculada e vigário da Província São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil de 2003 a 2007. Em 2008, seguiu para a Missão Franciscana na Amazônia, onde está como paróco, na prelazia de Tefé (AM).

Comentários

comentários