Apple anuncia IOS 9 e serviço de streaming de música

Um monte de novidades para os fãs e usuários da Apple rolaram nesta segunda-feira (9), com a realização da apresentação da empresa no Worldwide Developers Conference (WWDC), conferência para desenvolvedores realizada pela casa da Maçã todo ano em São Francisco. No evento de 2015, as grandes novidades ficaram por conta do iOS 9 e de um novo serviço de música da empresa, o Apple Music — uma nova roupagem do Beats Music, adquirido pela Apple em 2014 por US$ 3 bilhões.

09stream

O sistema operacional da Apple para dispositivos móveis, o iOS, vai ganhar uma nova versão. O iOS 9, que tem previsão de lançamento para depois de setembro e estará disponível na versão beta em julho, quer estar à frente do usuário em todos os momentos. Além de estender a vida da bateria, melhorar a segurança e a performance do celular e dar uma nova interface para o usuário, o iOS 9 contará com novos recursos de assistência por voz — isso é, deixará a Siri mais esperta.

Um exemplo bastante simples de como as coisas devem funcionar: se um número desconhecido te ligar, a Siri poderá fuçar seu email para encontrar aquele número e sugerir quem pode estar te chamando. Se você começar uma caminhada matinal e plugar o fone de ouvido, a Siri vai começar uma playlist para você. E se receber um convite de evento por email, a sua assistente pessoal poderá mandá-lo direto para sua agenda.

De acordo com a Apple, a nova Siri do iOS 9 será 40% mais rápida e terá 40% mais de certeza em seus movimentos. Além disso, a Apple anunciou atualizações nos apps de Mapas e Fotos, e um novo app chamado News, que cria um noticiário básico baseado nos artigos e publicações que você mais lê. Por enquanto, a função só estará disponível nos EUA, UK e Austrália.

Você precisará de 1,3 GB de espaço no sistema para instalar a atualização do sistema. Todos os dispositivos que podem ter o iOS 8 terão o iOS 9 — isto é: iPhone 4S ou superior, iPad 2 ou superior e iPod Touch de 5ª geração.

Apple Music: mais um na briga

Não é exatamente uma surpresa, mas ainda assim foi o principal anúncio do dia: depois de comprar a Beats Music, a Apple está entrando no mercado de streaming de música com o Apple Music.

Disponível em mais de 100 países (inclusive no Brasil!), o serviço estreia em 30 de junho com assinatura mensal de US$ 10 (não há preço em real). Os três primeiros meses serão gratuitos, e uma versão para o Android será lançada em breve. Há ainda um plano familiar para seis pessoas, que custará US$ 15 por mês.

A base do Apple Music será semelhante à dos outros serviços de streaming por aí, com playlists recomendadas e curadoria baseada nos seus gostos, mas também nas escolhas editoriais. Outra novidade da apresentação é a Beats 1, uma rádio digital que terá base em três cidades — Nova York, Los Angeles e Londres — e que oferecerá programação 24 horas por dia, 7 dias por semana.

OS X: soy capitán, soy capitán

A empresa aproveitou ainda para anunciar o nome de seu novo sistema operacional para computadores: trata-se do OS X El Capitan (O Capitão, em espanhol). Assim como o iOS 9, o sistema já está disponivel para desenvolvedores hoje, e terá uma versão beta para o público em julho. A versão final chega para o mercado a partir de setembro.

IGN

Comentários

comentários