Após sucesso, Escolinha volta à Globo mais cedo e com o dobro do tamanho

Depois de surpreender os executivos da Globo e aumentar a audiência da emissora em 50% em seu horário no final do ano passado, a nova versão da Escolinha do Professor Raimundo volta ar mais cedo e maior neste ano.

Bruno Mazzeo, como Professor Raimundo, na edição de 2015 da Escolinha (Foto: TV Globo)
Bruno Mazzeo, como Professor Raimundo, na edição de 2015 da Escolinha (Foto: TV Globo)

Serão 15 episódios, o dobro de 2016 (sete), que ficarão no ar de 16 de outubro até o final de janeiro do ano que vem.

As gravações do humorístico começam nos Estúdios Globo na semana do dia 22, logo após a Olimpíada do Rio de Janeiro. O elenco será o mesmo, com Bruno Mazzeo como o Professor Raimundo,  papel defendido nos anos 1990 por seu pai, Chico Anysio (1931-2012). No canal Viva, parceiro da Globo na produção, a Escolinha vai ao ar em setembro. A primeira temporada do remake foi exibida em novembro pelo Viva e em dezembro e janeiro pela Globo.

O programa terá a função de alavancar a audiência da Globo nas tardes de domingo. Será exibido logo após o Esquenta, que também volta em 16 de outubro. Ao lado do The Voice Kids, a Escolinha do Professor Raimundo foi o vespertino dominical mais bem-sucedido no Ibope nos últimos meses.

Além de Bruno Mazzeo, a nova temporada da Escolinha terá Ângelo Antônio (como Joselino Barbacena), Betty Gofman (Dona Bela), Dani Calabresa (Catifunda), Ellen Roche (Capitu), Evandro Mesquita (Armando Volta), Fabiana Karla (Cacilda), Fernanda de Freitas (Marina da Glória), Kiko Mascarenhas (Galeão Cumbica), Lucio Mauro Filho (Aldemar Vigário), Marcelo Adnet (Rolando Lero), Marcius Melhem (Seu Boneco), Marco Ricca (Pedro Pedreira), Marcos Caruso (Seu Peru), Maria Clara Gueiros (Cândida), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Otaviano Costa (Ptolomeu), Otávio Müller (Baltazar da Rocha), Rodrigo Sant’Anna (Batista) e Fernanda de Souza (Tati).

Brasil a Bordo

Outro humorístico que começa a ser gravado ainda neste mês é Brasil a Bordo. Criado por Miguel Falabella, o programa fará piadas com tripulantes de uma companhia aérea em crise. Além de Falabella, terá no elenco Arlete Salles, Stella Miranda, Luís Gustavo e Ney Latorraca. Dani Calabresa foi convidada, mas não poderá trabalhar na comédia porque já está na Escolinha e no Zorra. Brasil a Bordo será exibido nos domingos à noite, após o Fantástico, mas só estreia em 2017. (UOL)

Comentários

comentários