Após promessa de não bloquear, índios fecham rodovia em Dourados

Após cumprir a promessa de chamar a atenção da população para a falta de policiamento nas aldeias de Dourados, indígenas realizam bloqueio na MS-156, que liga o município a Itaporã.

Foto Cido Costa Douradosagora
Foto Cido Costa Douradosagora

As paralisações são nos dois sentidos e duram 30 minutos. A previsão é que o protesto ocorra até as 12h30.

Na terça-feira (8), as lideranças disseram que a manifestação seria apenas para a entrega de panfletos explicando as reivindicações e não haveria bloqueio.

Ainda segundo os líderes, desde o início das ocupações em fazendas de Antônio João, a Força Nacional concentrou as atividades nessa área de conflito. Com isso, a Reserva de Dourados teria ficado sem o policiamento que era realizado pela equipe de segurança que é ligada ao Ministério da Justiça.

Foto Cido Costa Douradosagora
Foto Cido Costa Douradosagora

A falta de segurança nas aldeias é um problema antigo e alvo de constante reivindicação por parte dos indígenas. Eles querem o policiamento permanente, como acontece na cidade, e não paliativos. A presença da Força Nacional, por exemplo, é reforçada frequentemente através de decretos do Ministério da Justiça.

Comentários

comentários