Após inaugurar só prédio, Sesau faz UPA funcionar hoje

UPA2A nova UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Santa Mônica – região oeste de Campo Grande, abre atendimento a partir desta quinta-feira (21), após três semanas de ter sido inaugurada pelo prefeito Alcides Bernal. A inauguração foi apenas do espaço físico, devido ao fim de prazos eleitoral, mas que não foi aberto para atendimento a população, pois até não havia sido equipada. No último dia 1º, do ato inaugural, não havia servidor disponível, que foram convocados na semana passada em chamada de aprovados em concursos dos últimos três anos, conforme o Página Brazil publicou.

A unidade deve atender centenas de pessoas ao dia, naquele bairro e mais próximo de moradores de toda região com cerca de 100 mil habitantes da Capital e até municípios do interior. O novo mini-hospital, também irá desafogar o atendimento na UPA Vila Almeida, que era a mais perto daquela população. De acordo com a Prefeitura, a previsão é que unidade custe R$ 300 mil por mês e consiga atender muito bem a toda a área do extremo oeste da cidade.

Na noite do dia da inauguração do prédio, o chefe do executivo até prometeu que as atividades na unidade deviam ser iniciadas ainda este mês. Para mais de 500 pessoas que foram ao ato para conhecer de perto a nova estrutura da UPA, discursou sobre o compromisso de sua administração em oferecer saúde de qualidade para os moradores do Santa Mônica e região. “É obrigação do poder público entregar uma estrutura adequada para atender a população. Ela nova, terá equipamentos modernos, materiais de extrema qualidade com leitos grandes, além de uma equipe médica de excelência pronta para atender com profissionalismo e respeito as pessoas”, disse Bernal.

Foram investidos cerca de R$ 3,6 milhões, sendo recursos de R$ 1,5 milhão do Ministério da Saúde e R$ 2,3 milhões de verbas em contrapartida da prefeitura. A unidade contará com 17 leitos, sendo três leitos na sala de emergência, equipados com ventiladores (respiradores) mecânicos, monitores multiparamétricos, bombas de infusão, desfibrilador, eletrocardiógrafo e serviço de raio x, dois quartos privativos (isolamento) e 12 leitos divididos em masculino, feminino e infantil e disponibilizará equipe profissional que prestará atendimento clínico UPA
especializado.

Bairros e população atendidos

Localizada na região urbana do Imbirussu, a UPA Santa Mônica atende uma área de abrangência extensa, com aproximadamente 69.537 pessoas em bairros da Capital, como o Santa Monica, Popular, Aeroporto, Nova Campo Grande, Conjunto Nelson Trad, Caiobá e Núcleo Industrial, e ainda abrange, o Santo Antônio e Taveirópolis). Como também será referência e utilizada também para atender cidades como Terenos, Guia Lopes e Bodoquena, agregando 36.156 mil habitantes. Com isto, perfaz um total geral de 105.693 mil habitantes para utilização desse serviço de pronto atendimento a saúde da população da região.

A UPA Santa Mônica, fica na Rua Lúcia Helena Coelho Maynome s/n.

Comentários

comentários