Alunos e professores participam de mutirão em Escola Indígena

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Estudantes e professores dos Cursos de Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas, da unidade de Ivinhema da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), participaram de um mutirão de atividades na Escola Indígena Lacuí Roque Isnard no último final de semana. A escola fica na Aldeia Bororó, em Dourados.

A ação, organizada em conjunto com a direção da escola, faz parte de um projeto desenvolvido pela UEMS em parceria com as professoras Edir Neves Barboza e Sandra Procópio de Souza, do Curso de Licenciatura Intercultural Indígena, da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O objetivo é construir uma horta agroecológica e propiciar à comunidade escolar a reflexão sobre questões ambientais, qualidade nutricional e qualidade de vida.

Segundo os participantes do projeto, a horta também poderá ser utilizada como espaço de aprendizado e tornará o ambiente escolar mais agradável, com uma área verde produtiva no local.

Além de contribuírem com o trabalho manual, estudantes e professores da UEMS doaram sementes e ferramentas para o trabalho de manutenção da horta. Após a ação, foi realizada uma “Roda de Conversa” entre professores indígenas e os futuros professores de Ciências Biológicas. Foram discutidos aspectos relativos à docência, principalmente no que diz respeito ao papel do professor na comunidade em que está inserido.

UEMS

Comentários

comentários