AL-MS terá semana ‘calma’ apenas com assinatura de Emendas Parlamentares

Mochi disse que vai escolher entre três empresas com credibilidade no mercado (Foto: Assessoria/ALMS)
(Foto: Assessoria/ALMS)

A AL-MS (Assembleia Legislativa de MS) terá uma próxima semana ‘calma’, com destaque apenas a assinatura de Emendas Parlamentares, que ocorrerá ainda quase no fim da semana. A agenda menor, vem após últimas semanas com programação ‘cheia’, onde houve as Comissão Parlamentar de Inquérito, que se encerraram, e, outros eventos importantes.

Na próxima terça-feira (14), a semana de atividades do Legislativo inicia com a reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), a partir das 8h, no Plenarinho Deputado Nelito Câmara. Logo depois, começa a Sessão Plenária, a partir das 9h, no Plenário Júlio Maia.

Na quarta-feira (15), a Casa de Leis tem também, a partir das 9h, a Sessão Plenária. Nas sessões, os parlamentares apresentam projetos, indicações e moções, além de votarem os projetos pautados para a Ordem do Dia. As sessões plenárias acontecem todas as semanas, nas terças, quartas e quintas.

Além da Sessão Plenária, na quinta-feira (16), os deputados participarão da Solenidade de Assinatura das Emendas Parlamentares Estaduais com Instituições e Municípios do Estado, a partir das 14h30, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, localizado no Parque dos Poderes.

Emendas

A assinatura das emendas é em documentos oficial com o Poder Executivo, que faz o governo do Estado executar o valor destinado às emendas parlamentares, que será de R$ 1,5 milhão por deputado, totalizando R$ 36 milhões.

O valor atende e possibilitará serem aplicados em ações governamentais ou não, nas áreas da saúde, educação e assistência social nos 79 municípios do Estado. Há emendas também destinadas exclusivamente a Entidades assistenciais, as ONGS que também serão contempladas. Estes recursos são provenientes do Fundo de Investimento Social (FIS).

Comentários

comentários