Adolescentes recebem cantada e espancam homem até a morte

Dois adolescentes, de 14 e 17 anos, foram apreendidos por suspeita espancar até a morte Gilmar Santos de Souza, 40 anos, na madrugada desse sábado (20), em Água Clara – distante 193 quilômetros de Campo Grande. O homicídio teria sido motivado por homofobia.

Adolescentes foram apreendidos por ato infracional de homicídio  (Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Adolescentes foram apreendidos por ato infracional de homicídio
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

Os suspeitos confessaram a pólicia o crime e alegaram que a vítima teria dado em cima de um deles. por volta das 3h, na Rua Gabriel Alves, bairro Nova Água Clara, Gilmar teria dado uma cantada no adolescente de 14 anos. Os menores não gostaram da atitude e começaram a agredir a vítima com pedaços de pau e telha quebrada, fugindo em seguida.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e encontrou a vítima caída na via pública, já em óbito e com diversos ferimentos na cabeça.

Uma testemunha, de 14 anos, apontada inicialmente como suspeito, relatou os fatos à polícia e apontou os dois adolescentes como autores do crime.

O suspeito de 14 anos foi apreendido em sua residência e indicou o de 17 anos como comparsa. Na casa do comparsa, a mãe dele informou a polícia que o adolescente chegou na residência por volta das 5h e saiu em seguida.

Testemunha e suspeito de 14 anos foram encaminhados à delegacia e, quando estavam registrando o boletim de ocorrência, o adolescente de 17 anos chegou acompanhado da mãe.

Todos foram ouvidos separadamente e deram a mesma versão sobre os fatos.

Eles foram apreendidos e indiciados por ato infracional de homicídio.

Comentários

comentários