Adolescente de 17 anos confessa ter matado duas jovens no sul do PR

A adolescente de 17 anos apreendido na segunda-feira (22) confessou a morte de duas jovens que estavam desaparecidas em Cruz Machado região sul do Paraná.

parConforme a polícia civil de União da Vitória, responsável pela investigação do caso, o menor relatou que matou a vizinha Camile Loures das Chaves, de 13 anos, porque não teve o amor correspondido e assassinou Solange Roseli Vitek, de 16 anos,por suspeitar que ela soubesse do crime cometido contra a primeira jovem.

“Eles iam pra escola no mesmo ônibus e na mesma escola no ano passado. Ele alegou que gostava da Camile, que era humilhado e não era correspondido. E por este motivo sentia muita raiva, e ele planejou a morte da Camile. O suspeito abordou a vítima em uma estrada de terra, obrigou ela a entrar no mato onde cometeu o crime. Ele usou uma faca grande para ameaçar e em seguida estrangulou usando o braço”.

Camile desapareceu em 15 dezembro de 2015 na zona rural de Cruz Machado, e Solange, a segunda vítima, sumiu em 25 de abril deste ano.

O suspeito permanece apreendido na delegacia de União da Vitória. O rapaz é agricultor morador comunidade rural de Linha do Encantilado.

Familiares procuravam as amigas e o desaparecimento só tomou outro rumo em 7 de junho quando um agricultor encontrou uma ossada que poderia ser de Solange. Familiares reconheceram pertences da jovem. Em 12 de agosto outra ossada que poderia ser Camile foi localizada, também por causa dos objetos.

A partir de um novo depoimento do acusado nesta segunda-feira (22), o garoto ficou bastante nervoso, a polícia conseguiu a confissão do rapaz.

Com relação à morte de Solange, o crime ocorreu na madrugada do dia 25 de abril, quando a garota desapareceu. “A vítima esperava o ônibus escolar, e o suspeito diz que usou a mesma faca para coagir a amiga. O acusado alega que Solange sabia do primeiro crime, e por este motivo decidiu matar a outra adolescente”, afirmou o delegado. Solange também teria sido estrangulada, mas com a calça que ela usava.

Agora a polícia tenta descobrir se outra pessoa ajudou o rapaz a cometer os crimes. (Redação Catve.com)

Comentários

comentários