Acusados de matar idoso são condenados a mais de 20 anos

Valdir da Silva, 51 e Mario Márcio da Silva, 38, acusados de terem assassinado o idoso Rubens Pacheco, 83, no dia 9 de julho de 2013 em uma propriedade rural localizada em Itahum, distrito de Dourados, foram condenados a 21 e 22 anos de prisão, respectivamente, em regime fechado pelo crime de latrocínio – roubo seguido de morte.

Reconstituição do crime ocorreu no ano passado - Foto: Arquivo/Osvaldo Duarte/Dourados News
Reconstituição do crime ocorreu no ano passado – Foto: Arquivo/Osvaldo Duarte/Dourados News

A sentença foi dada pelo juiz Marcos Vinícius de Oliveira Elias, da 2ª Vara Criminal de Dourados no dia 28 de abril.

No dia do fato eles teriam espancado a vítima para levar dela um revólver, documentos pessoais e R$ 800.

Em agosto do ano passado, a Polícia Cívil realizou a reconstituição do assassinato de Rubens e os acusados apresentaram fatos divergentes, relembre aqui.

Primeiramente o fato foi reconstituído com base na versão de Valdir da Silva e depois disso a cena do crime também foi reconstituída com informações de Mario Marcio. Um acusava o outro de ter assassinado o idoso.

Sentenciados, ambos permanecem presos em regime fechado na PED (Penitenciária Estadual de Dourados).

Comentários

comentários