33 municípios são contemplados com R$ 69 milhoes em emendas liberadas hoje

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina na manhã desta segunda-feira (30), durante solenidade no auditório da Governadoria, as emendas parlamentares destinadas pela bancada federal do Estado, com recursos do Orçamento Geral da União. Serão um total de R$ 69 milhões e 33 municípios beneficiados em Mato Grosso do Sul.

Governador Reinaldo Azambuja (Foto: Divulgação )
Governador Reinaldo Azambuja (Foto: Divulgação )

Desse total, estão sendo destinados R$ 29,4 milhões para pavimentação e drenagem em diversos municípios; R$ 19 milhões para o Hospital Regional, entre aquisição de equipamentos, reforma, ampliação e custeio; uma emenda de R$ 3,4 milhões para construção do Hospital Regional em Dourados; duas emendas do ex-deputado federal Reinaldo Azambuja, sendo uma no valor de R$ 2,9 milhões para aquisição de equipamentos para o Estado e outra de R$ 3,9 milhões para custeio do Hemosul, entre outras.

Estas emendas são destinadas por ex-parlamentares, parlamentares reeleitos e investidos em primeiro mandato. Incluídas dentro do orçamento impositivo aprovado pelo Congresso Nacional, as emendas têm liberação garantida.

Os autores das emendas são o ex-deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), deputado federal Carlos Marun (PMDB), deputado federal Elizeu Dionízio (PSDB), ex-deputado Fábio Trad (sem partido), deputado federal Geraldo Rezende (PSDB), deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM), senador Waldemir Moka; ex-senador Ruben Figueiró, senadora Simone Tebet, deputada federal Tereza Cristina (PSB), deputado federal Vander Loubet (PT) e deputado federal Zeca do PT.

Este ato de assinatura havia sido marcado para 2 de maio, mas foi adiada para que fosse possível a vinda dos dois senadores de Mato Grosso do Sul, o coordenador da bancada, senador Waldemir Moka e a senadora Simone Tebet, ambos do PMDB.

As liberações incluem verbas dos ministérios da Saúde, das Cidades, Turismo, Agricultura, Desenvolvimento Agrário, Esportes, Justiça e do Desenvolvimento e Combate à Fome, além da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste).

As emendas vão beneficiar o Estado e os municípios de Campo Grande, Caarapó, Coxim, Rio Negro, Laguna Carapã, Sete Quedas, Ivinhema, Sidrolândia, Paraíso das Águas, Aparecida do Taboado, Ribas do Rio Pardo, Água Clara, Jardim, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Deodápolis, Itaporã, Naviraí, Dourados, Eldorado, Aquidauana, Chapadão do Sul, Sonora, Terenos, Aral Moreira, Brasilândia, Juti, Mundo Novo, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Verde de Mato Grosso, Fátima do Sul e Nioaque.

Comentários

comentários