Em choque, motorista andou 100 metros com corpo sobre capô antes de parar

A avenida é uma das principais do Jardim Batistão – Foto: Reprodução Google

Antônia Francielle Alves de Jesus, 20 anos, morreu após colidir a moto que com um Palio na avenida Dinamarca, no Jardim Batistão, na noite deste sábado (5) em Campo Grande. Everton Henrique de Oliveira, 24 anos, que conduzia a moto, foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande. A condutora morreu no momento do acidente.

Boletim de ocorrência sobre o caso aponta que, após a colisão, o condutor do veículo ainda teria levado cerca de 100 metros até parar, com a vítima sobre o capô. O motorista alegou ter ficado tão nervoso que não conseguiu parar o veículo imediatamente.

De acordo com o registro da ocorrência, o motorista informou que a moto teria cruzado a via de repente, forçando-o a desviar bruscamente, quando o automóvel teria batido na traseira de outra moto, que transitava com luzes apagadas.

Uma testemunha, outro condutor, de 50 anos, teria confirmado a versão do motorista envolvido no acidente sobre uma segunda moto – que transitava com luzes apagadas – envolvida no acidente, que deixou o local antes da chegada da polícia.

Comentários

comentários