23-09 – Marketing – Conceitos e objetivos II

guto

Semana passada abordei o tema, afirmando que o objetivo final é sempre o mesmo: vender mais. De fato, é o que todos almejam, mas alguns são interessantes por seu estudo mais aprofundado – como o Marketing Dharma, ou pela utilização de bases de dados extremamente organizadas, como o Marketing de Nicho e o de Relacionamento. Face sua amplitude e sua relevância para os que empreendem diariamente, na próxima semana teremos mais um. Prometo que a seleção será ainda mais criteriosa.

Marketing Cinematográfico – Conjunto de atividades que tem como objetivo transferir os filmes dos seus produtores ao espectador final através da criação de uma marca instantânea.

Marketing comportamental — direcionar anúncios de acordo com o comportamento do cliente, atualmente muito bem aproveitado via web.

Marketing Concentrado – É um tipo de estratégia que busca obter resultado em um determinado mercado. É a utilização de todos os recursos da empresa em uma parte do mercado visando dominá-lo. Parte do pressuposto que é melhor ser grande em um determinado mercado do que pequeno em todos.

Marketing Cultural – Ferramenta utilizada para agregar valor à imagem de empresas que proporcionam recursos monetários, intelectuais e morais, para a execução de projetos culturais, pertinentes à sociedade.

Marketing de afiliados — Para a internet, é quando você paga para um site afiliado para enviar clientes ao seu e-commerce.

Marketing de causa —  marketing que utiliza benefícios sociais para aumentar as vendas.

Marketing de conteúdo — produzir conteúdo útil para sua comunidade e fãs na forma de storytelling ou storydoing.

Marketing de fidelidade — São as estratégias utilizadas para crescer e reter os clientes já conquistados.

Marketing de Guerra – Marketing de guerra é o termo dado ao conjunto de estratégias adaptadas dos campos de batalha para a utilização no combate ou defesa nas empresas com relação a seus concorrentes.

Marketing de Guerrilha – É um método que utiliza estratégias de guerrilha bélica no campo do marketing, para planejar, lançar e manter a maior ofensiva mercadológica possível; seu objetivo é transformar clientes potenciais em consumidores reais. Normalmente utilizado por empresas com pequenas verbas.

Marketing de Guerrilha II— marketing de baixo orçamento de alto impacto, tipicamente bem fora do convencional.

Marketing de Incentivo – É uma ferramenta que engloba campanhas de incentivo, endomarketing, fidelização, programas de relacionamento, eventos, viagens, entre outras ações que permitem, dentro de uma relação custo/benefício, atingir os objetivos da empresa.

Marketing de Massa – Abordagem de marketing que visa atingir todos os consumidores de maneira única.

Marketing de Nicho – É a estratégia que visa atender apenas uma parte bem específica de um segmento de mercado, usado basicamente por empresas novas.

Marketing de performance — marketing que possui métricas como ROI (Return On Investiment), normalmente associado ao mercado digital.

Marketing de permissão — o envio de informações e material de publicidade geralmente via e-mails com a permissão explícita do recipiente (cliente). O termo foi cunhado por Seth Godin numa publicação de 1999.

Marketing de produto — marketing focado em um produto particular e não na empresa e demais produtos por ela industrializados.

Marketing de proximidade real ou Dharma – Tipo de Marketing que age ao nível do conflito psicológico anterior à vontade humana, dado que, cada vez mais, procuramos satisfazer preferencialmente as necessidades inconscientes, concentrando-nos no que é anterior à intencionalidade no Homem, ou seja, no que é antecedente às necessidades e à motivação.

Marketing de referência — incentivar seus clientes atuais a indicarem novos clientes, via bonificação, normalmente feito através de programas de afiliados.

Marketing de Relacionamento – Estratégia que busca o profundo conhecimento do cliente e de seus hábitos, visando atendê-lo de forma particularizada, para obter sua fidelização.

Marketing de Retenção – É o conjunto de ações integradas sistemáticas e contínuas de comunicação e promoção, gerando frequência e repetição de compra por parte dos clientes e recompensando-os por isso, visando sua fidelização ou retenção.

Máximas do Meio:
“A meta do marketing é conhecer e entender o consumidor tão bem, que o produto ou serviço se molde a ele e se venda sozinho. Peter Drucker”

Comentários

comentários