Aranha 'brasileira' causa pânico no norte da Inglaterra

A reputação de uma aranha “brasileira” provocou pânico e o fechamento de um supermercado no norte da Inglaterra, na sexta-feira (5). Tudo por causa da descoberta de ovos em um cacho de bananas que Keith Hobbs ganhou do sogro e da sogra. As frutas foram compradas na filial da rede de supermercados Aldi, na cidade de Hinckley, e tinham sido importadas da América Central.

Veneno da aranha-armadeira pode matar uma pessoa em até duas horas Foto: Wikimedia

Pânico

Ao contactar uma agência do governo especializada em insetos e invertebrados, Hobbs disse ter sido informado que poderiam ser ovos da aranha-armadeira, uma espécie conhecida pelo veneno que pode matar seres humanos em apenas duas horas nos casos mais extremos. Apesar de não ser exclusiva do Brasil, a Phoneutria fera é popularmente descrita como a Aranha Errante Brasileira.

Hobbs, a mulher e os quatro filhos saíram às pressas de sua casa e foram para um hotel, enquanto autoridades de saúde fecharam o supermercado para tentar encontrar aracnídeos. “Tivemos que dormir num hotel porque estávamos apavorados”, contou ele ao jornal The Sun. publicidade

A loja foi reaberta ainda na sexta-feira, depois de peritos não terem encontrado nenhum animal e de análises dos ovos revelarem que não se tratavam de aranha-armadeira. Por precaução, a casa da família Hobbs foi dedetizada.

Ao contrário de outros aracnídeos, a armadeira não constrói teias para capturar suas presas. Ela caça andando pelo chão de florestas tropicais. Suas pernas podem chegar a 15cm de comprimento.

O receio se justifica, pois o que foi apenas um susto para a família Hobbs teve contornos bem mais dramáticos para outros britânicos, em vários outros casos envolvendo a aranha: em março, por exemplo, uma dona de casa precisou chamar os bombeiros quando ovos de armadeira num cacho de bananas comprado em um supermercado de Londres começaram a chocar em sua cozinha.

Terra

Comentários

comentários