Mourinho é denunciado por sonegação equivalente a R$ 12 milhões

Gazeta Esportiva / SF

Depois de CR7, denúncia semelhante deve tirar o sono do ex-técnico do Real Madrid (atual Chelsea), o português José Marinho. Foto: Daily Mail

Nesta terça-feira, foi revelado mais um caso envolvendo um português e o fisco espanhol. Após a polêmica envolvendo Cristiano Ronaldo, é a vez de José Mourinho entrar na mira da procuradoria espanhola. Segundo a imprensa local, o treinador teria sonegado cerca de 3,3 milhões de euros (R$ 12 milhões).

Os valores destacados seriam divididos em 1,6 milhão de euros em 2011 e 1,7 milhão de euros em 2012, período em que o comandante português trabalhava no Real Madrid. Informações dão conta que Mourinho se utilizou de um esquema envolvendo empresas de fora Espanha, as quais o treinador enviava os seus vencimentos para fugir dos altos impostos espanhóis.

A denúncia é bastante semelhante à que denunciou Cristiano Ronaldo, na última semana. Neste caso, o craque português é acusado pela Procuradoria Espanhola de sonegar mais de R$ 50 milhões de reais utilizando uma estratégia similar à do treinador.

Comentários

comentários